Brasil importa energia do Uruguai e Argentina

O intenso calor que assolou o Rio de Janeiro nas primeiras semanas de janeiro, aliado aos problemas enfrentados pelas linhas de transmissão, levou o Brasil a importar energia elétrica do Uruguai e da Argentina em caráter de emergência, a fim de aumentar suas reservas internas disponíveis. Luiz Eduardo Barata, diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), disse à Agência Brasil que o movimento foi motivado não por falta, mas por energia elétrica e reservas de energia. “Teríamos c[...]
Continuar lendo