Petrobras libera licitação para manutenção de 5 plataformas no pré-sal

Petrobras lançou semana passada mais uma leva de concorrência para manutenir  sua frota de FPSO’s que atuarão na no pré-sal na Bacia de Santos entre este ano e ano que vêm. Até o momento, a licitação abrangê 5 plataformas, são elas: P-66, P-67, P-68, P-69 e P-70. Destas, apenas a P-66 está em operação no Campo de Lula Sul, a demais estão marcadas para iniciar as atividades entre 2018 e 2019. Lembrando que as unidades são pertencentes a Petrobras.

Há  boatos que dizem que a estatal resolveu adiantar estas licitações para escapar das novas diretrizes de contratações de modelos renovados, de acordo com a Lei das Estatais(13.303) que até o fim do primeiro semestre, será obrigatório para todas s empresas do governo. A Petrobras foi procurada por assessorias de impressa para prestar esclarecimentos da vericidade das informações, ela naturalmente negou. Vejam o comunicado da impressa a seguir:

“O cumprimento das boas práticas de manutenção desde o início das operações é um dos requisitos operacionais nas instalações de E&P, portanto não há nenhuma motivação em decorrência de legislação, mas sim o atendimento da demanda operacional”, afirmou a companhia via assessoria de imprensa.

A Estatal ressaltou que a concepção deste plano tem como meta maximizar os ganhos em  modo gradativo  e convertendo em mais contratos de plataformas, principalmente por estas unidades que são necessárias para estas operações são em parecidas. A Unidade Operacional da Bacia de Santos (UO-BS) é quem detém a a responsabilidade desta licitação e ainda tem mais duas que a Petrobras está promovendo,  a UO-Rio e UO-BC, que também são para manutenções  de unidades offshore.

Uma verdadeira campanhas de operações estão sendo preparadas em 2018, mesmo havendo alguma mobilidade no mercado neste sentido, especialistas afirmam que será em 2019 que o mercado lançará uma verdadeira explosão de oportunidades, com muitas campanhas de perfurações e bastantes estrangeiras no país investimento pesado. Algumas campanhas de sísmica já estão em andamento e outros estão em fase de liberação ambiental. Preparem-se e estudem, porque a “sorte é o efeito da preparação encontrado a oportunidade”.

Fonte: Click Petróleo