Os únicos caminhos para trabalhar nas obras da Termolétrica do Porto Sergipe I

A partir de agora será realizada a construção do canteiro de obras e início das obras civis. A usina terá capacidade de gerar 1551 GW de energia elétrica e tem data prevista para entrar em operação em janeiro de 2020.

De acordo com gerente de operações da CELSE, Romário Araújo, a construção da usina termelétrica Porto Sergipe I traz inúmeros benefícios para a região de Barra dos Coqueiros. “Dentre os pontos positivos estão a geração de empregos diretos, hoje 80% dos profissionais são trabalhadores locais.

Com a chegada da empresa outro fator positivo também vai contribuir com o crescimento da região que é a arrecadação de impostos e a  atração de novos empreendimentos”, relatou.

A previsão é de que na fase final da construção sejam gerados cerca de 2.600 empregos diretos. A UTE Porto Sergipe I é considerada a maior da América Latina, utiliza gás natural como combustível e é a única com terminal de regaseificação (FSRU) privado no Brasil.

OS CAMINHOS DAS CONTRATAÇÕES

A Reportagem do site O PETRÓLEO traçou os quatro caminho, por onde serão realizada as contratações para as obras. Iniciamos com a responsável pela obras.

Celse – A Celse já está contratando, conforme a necessidade de mão de obra. A empresa até limitou as contratações iniciais para residentes das cidades circunvizinhas as obras, mas trabalhadores de outros estados também podem encaminhar currículos.

Enesa – Já a empresa Enesa, é uma das que contrataram dezenas de profissionais para serviços de terraplanagem, o que poderá se repetir nos próximos dias. 

Montcalm – terceiro caminho das contratações,  oferece soluções completas e integradas em engenharia, construção e montagem eletromecânica para a implantação, modernização e manutenção de indústrias de processos em vários segmentos industriais. Como a descrição demonstra, as vagas serão reveladas para a etapa de montagem.

MCM Montagens Industriais –  Assim como a Montcalm, sugere contratações para equipes de montagem e manutenção industrial.

CADASTRO DE CURRÍCULOS

Destacamos os principais contatos da empresas, visando obedecer critérios e avaliações do processo de seleção. No entanto, afirmamos que não há data estipulada para iniciar as devidas seleções. Por isso, os candidatos podem enviar seus currículos, aguardando, naturalmente, mensagem para efetivar a participação nos processos de seleção.

Para cadastrar currículo na Celse, basta acessar à página de cadastro e enviar o currículo atualizado.

Já na Enesa, um e-mail foi definido para a aceitação das candidaturas:  [email protected]

Um dos e-mail da Montcalm, o [email protected], é um dos caminhos para envio de currículo.

No caso da MCM, nenhum e-mail foi informado, no entanto, a empresa anunciou uma página para cadastro de currículo.

Fonte: O Petróleo