Mercado de petróleo global está à beira de mudanças drásticas, dizem analistas

Os analistas têm opiniões divergentes sobre o futuro do setor petrolífero, mas todos acreditam que em breve haverá mudanças significativas no mercado.

A redução da produção de petróleo na Venezuela e as sanções contra o Irã podem levar à escassez de fontes de energia e aumento dos preços do petróleo até 90 dólares por barril daqui a poucos meses, indicam analistas da Energy Aspect.

Segundo a analista Amrita Sen, o mercado de energia vai estar sob pressão devido ao declínio da oferta de petróleo.

“À medida que o mercado começar a perder os barris iranianos, o preço do petróleo WTI e Brent atingirá 85 dólares e 95 dólares respetivamente”, acrescentou o analista John Kilduff da Again Capital, citado pela revista Expert.

Alguns especialistas preveem um aumento do preço do petróleo ainda mais drástico. Por exemplo, o analista do Centro Financeiro Internacional Vladimir Rozhankovsky acredita que, no caso do cenário mais negativo (que prevê o fechamento do estreito de Ormuz pelo Irã), o preço do petróleo poderia atingir 140 dólares por barril.Além do fator iraniano, há outros problemas que poderiam causar o aumento do preço do petróleo. Primeiro, uma séria de falências das empresas de gás de xisto norte-americanas levou a uma produção menor do que era esperado.

Para além disso, a OPEP e a Rússia lançaram os alicerces do controle a longo prazo do mercado, o que pode reduzir a oferta por muitos anos.

O analista da corretora russa Alor Brocker, Aleksei Antonov, por sua vez, não está de acordo que seja de esperar um aumento do preço do petróleo no futuro próximo. Para ele, o aumento gradual das taxas de juro nos EUA já causou o crescimento da cotação do dólar em relação a outras divisas, especialmente em relação às das economias emergentes.

O dólar caro faz sempre os preços do petróleo caírem, porque o dólar caro significa o aumento da influência global dos EUA e o afluxo de capitais a esse país, enquanto Washington, aumentando o seu poder político, pode influir na política interna dos países exportadores de petróleo, bem como se apoderar dos recursos financeiros para aumentar produção de gás de xisto. Tudo isso levaria ao aumento da oferta de petróleo e à queda de seu preço.Além disso, o progresso tecnológico poderia diminuir o papel do petróleo na economia global. Para Antonov, o preço do petróleo pode vir a cair para 60 dólares por barril em seis meses.

Fonte: O Petróleo