Estande da Rede Petrogas Sergipe é destaque na Brasil Offshore

O estande da Rede Petrogas Sergipe na Brasil Offshore, realizada em Macaé – RJ no período de 11 a 14 de junho, está sendo bastante visitado. O principal motivo são os produtos e serviços com inovação tecnológica expostos pelas oito empresas que participam do evento. Os empreendimentos são assistidos pelo projeto Petróleo e Gás, desenvolvido pela Petrobras e Sebrae.

Quem visita a Rede Petro Sergipe encontra produtos diferenciados, que se destacam pela qualidade e eficiência. Um bom exemplo é a peça sigmalip, que é um pistão acoplado por fusão na borracha de poliuretano ppf, com alta resistência. “O primeiro diferencial é o fato de ser produzido em Aracaju. Essa peça em teste de campo obteve resultados superiores aos similares no mercado, com alta qualidade e eficácia, trabalhando com qualquer tipo de fluido”, explica o empresário Yhuri Tojal.

Outro produto que tem chamado atenção é o hexacoptero, helicóptero com seis hélices, que se destaca por ser muito estável e com sistema de segurança para fazer inspeção industrial, com 20 minutos de autonomia. Segundo o empresário Tiago Faierstein, o equipamento está sendo bem avaliado pelo centro de pesquisa da Petrobras em Sergipe. “A equipe da Petrobras aprovou o equipamento e está nos ajudando a desenvolver novas tecnologias que agreguem valor ao produto. Temos prestados bons serviços para grandes empresas e a cada dia novos clientes ficam interessados em trabalhar conosco”, destaca Tiago.

O estande de Sergipe também está expondo um detector de gás que serve para medir a concentração dos gases na superfície dos poços de petróleo. “O diferencial é que o equipamento funciona via rádio, sem a utilização de cabos, enviando os dados em tempo real para a central de controle. Com isso ganhamos em velocidade e no fator segurança, pois evita qualquer tipo de vazamento de gás dentro da cabine”, orienta o empreendedor Cleto Bernadino.

Até o segmento de fixadores metálicos tem despertado o interesse dos participantes da Brasil Ofsshore. Uma empresa que produz parafusos estojo tem obtido bons contatos no evento. “A inovação está no processo de produção, com redução do número de células, tornando a linha de série mais enxuta e direcionada, reduzindo o tempo de fabricação” disse o empresário Eduardo Marinho.

Vale destacar também que o empreendimento possui uma unidade móvel, podendo levar a linha de produção para dentro do canteiro de obras. “Dessa forma temos condição de entregar a peça em até 24 horas, reduzindo custos com logística. O cliente também ganha, pois elimina sua necessidade de estoque, são produzidas a quantidade exata de parafusos que serão utilizadas na obra, evitando desperdício”, alerta Marinho.

A missão sergipana é uma ação da Rede PetroGás Sergipe, Sebrae, Petrobrás e PENSE – Petróleo e Energias de Sergipe, Associação das Empresas Fornecedoras da Cadeia Produtiva de Petróleo e Energia. Informações na Unidade de Atendimento Coletivo – Indústria do Sebrae, telefones (79) 2106-7753 e 2106-7700.