Empresas de petróleo iniciam operações em março

O Complexo Logístico Portuário do Açu, no Norte Fluminense, iniciará suas operações em março, com a inauguração da americana NOV e da francesa Technip, ambas fornecedores do setor de petróleo e gás. Juntos, os investimentos de R$ 650 milhões da Technip e de R$ 750 milhões da NOV, vão gerar mil empregos diretos. Até o fim de 2014 há a previsão de entrada em operação das unidades da BP, Vallourec, Intermoor, Wartsila e ainda o Mineroduto da Anglo American, que vai exportar pelo porto o minério de ferro trazido de Minas Gerais.

“O início das operações no Açu é apenas a largada de um grande empreendimento que oferece inúmeras oportunidades de desenvolvimento econômico à Região Norte Fluminense. Estamos prestes a presenciar uma revolução socioeconômica naquela área”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno.

Em dezembro de 2013, o Porto do Açu estava empregando 6.303 pessoas, o que demonstra um crescimento expressivo sobre os 3.881 empregos existentes na área em janeiro do ano passado. Desde 2007, a região teve um acréscimo no número de empregos de 3.994 para 8.873, com destaque para a construção civil, indústria de transformação e serviços, um crescimento de 122%, enquanto o estado do Rio de Janeiro teve crescimento de 32% e a Região Norte Fluminense de 38% nesse mesmo período.

As obras do porto também contribuíram para alavancar a arrecadação no município. Apenas o ISS passou de R$ 750 mil em 2006 para R$ 33 milhões em 2012.

 

Grupo americano garante compromissos assumidos

Fonte: Ascom Sedeis